23
Mai 10

Há uns dias fui vítima daquilo que se pode chamar o cúmulo da estupidez e da anormalidade do português.
De volta e meia lá gosta muito o português de estacionar em cima do passeio, (aposto que metade dos condutores portugueses nem sabe que é proibido), mas chegar ao ponto de eu estar a andar em cima do passeio e ter que me desviar para a estrada porque um parvalhão que está a conduzir um jipe está a querer estacionar onde eu estou a querer andar - no passeio -, penso que é o expoente máximo da parvoíce e da falta de educação que uma pessoa pode atingir.
Estive para lhe chamar besta quadrada, mas isso ia fazer com que eu descesse ao nível dele, por isso fiquei calado.
Ainda me continuam a não dar razão quando digo que somos um povo em que, em cada dois, um é leigo e o outro é imbecil?

publicado por aboia às 22:53

comentários:
acho que o problema não foi o "descer ao nivel dele"!
o problema é que ele podia obrigar-te a descer fisicamente até ao nivel do chão...
vicio a 24 de Maio de 2010 às 14:44

E a malta que pára em cima das passadeiras? Juro que um dia abro a porta de trás de um desses carros e saio pelo outro lado...
Rafeiro Perfumado a 24 de Maio de 2010 às 15:14

A Bóia
Uma vez que o livro " A Vida é uma Bóia " vendeu mais do que dois exemplares, decidi que «A Bóia» deveria ter um blog. Mas como isso dava trabalho, deixei a ideia de lado. Hoje, como esteve um bom dia de sol, decidi ficar em casa em frente ao computador. E foi então que decidi ir buscar a tal ideia que tinha ficado de lado. Sejam bem-vindos ao blog da Bóia.
arquivos
2010

Você Sabia Que?
Esta frase não serve rigorosamente para nada, ou seja, está aqui a boiar.
pesquisar
 
blogs SAPO