18
Jun 10

Não faço a mais pequena ideia porque é que existem pessoas que dizem as coisas de maneia estranha como se não quisessem que os outros percebam e isso às vezes deixa-me pensativo e até mesmo irritado tal como fico quando alguém me está constantemente a chatear com coisas ínfimas que agitam a minha paciência e estado de alma e fui perguntar à minha mãe se ela sabia porquê e ela disse Ó filho não penses nisso que não vale a pena e eu disse que já dizia o poeta que tudo vale a pena quando a alma não é pequena e ela até concordou comigo e eu perguntei porque é que a maior parte dos artistas apenas recebem o devido valor quando morrerem e ela disse que também não sabia e eu queria falar mais com ela e ela tinha afazeres para cumprir e eu perguntei Ó mãe maquejêto e ela disse que eu parecia um algarvio a falar e eu disse Mãe não é preciso ofender e ela respondeu que nunca teve essa intenção Deixa lá eu não fiquei chateado e ela não disse mais nada e foi à vida dela e eu fui à minha.

publicado por aboia às 19:35

comentários:
Epa sofro do mesmo mal do «maquejêto»! É isso e o «cómigo»! Tamos tramados pah, raio do sotaque algarvio entranha-se ;)
LOL
Luís Teixeira a 19 de Junho de 2010 às 19:13

É "cómigue". Não percebo porque têm eles de colocar um «e» no final de cada palavra!
aboia a 19 de Junho de 2010 às 23:17

ahah só tu para me fazeres rir! xD ohhh pseudo-algarvio :P
Marina a 2 de Agosto de 2010 às 16:38

A Bóia
Uma vez que o livro " A Vida é uma Bóia " vendeu mais do que dois exemplares, decidi que «A Bóia» deveria ter um blog. Mas como isso dava trabalho, deixei a ideia de lado. Hoje, como esteve um bom dia de sol, decidi ficar em casa em frente ao computador. E foi então que decidi ir buscar a tal ideia que tinha ficado de lado. Sejam bem-vindos ao blog da Bóia.
arquivos
2010

Você Sabia Que?
Esta frase não serve rigorosamente para nada, ou seja, está aqui a boiar.
pesquisar
 
blogs SAPO